Por: DARUKIAN, O Ceifador de Orgasmos e sua Primeira Puta das Artes Sacroprofanas, Emonditte. Seres sem rosto nem forma, que tem como único propósito te fazer gozar muito (a vida).

Seguidores dos instintos

9 de julho de 2011

Puta Surpresa




As sombras me trouxeram uma inspiração bem interessante chamada Killian. A nossa historinha lasciva do dia começa assim:

  Ele chegou em casa do trabalho, após um dia estressante. Exatamente aquele dia que dá vontade de matar o primeiro que aparecer. Entrou, não achou a mulher. Se despiu, afinal odiava as roupas formais e foi pro quarto. Ela estava deitada, como quem não quer nada. Chamou-o pra se deitar, ele aceitou. Começaram a conversar besteiras. No meio das conversas, surgiu o seguinte diálogo:
Ele: Meus eus vivem em pé de guerra. Não há amor entre eles.
Ela: Os meus se amam, mas é um amor que precisa brigar. É excitante, sabe?
Ele: Uia, você é masoquista e até agora não me contou? Então você gosta de apanhar na cara e aquelas coisas?

  "Adoro. Quer testar? Bate então." Sussurrou ela com uma voz sexy. Mesmo com um pouco de sono, percebeu que ela estava só de camisola e sem brincadeiras. Subiu em cima da esposa e estapeou a cara dela sem pena. Depois agarrou-a pela camisola, puxou-a para si e colou os lábios de ambos. O alarme de incêndio deveria ter tocado. Arrancaram o resto das roupas às pressas, e se atracaram novamente em um beijo lascivo, enquanto ele cravava as unhas nas costas dela.

  O marido tomou a frente: jogou-a na cama novamente e atacou seu pescoço entre mordidas e lambidas, enquanto ela gemia e implorava por mais. Agarrou a bunda dela e começou a descer a boca pelo meio de seus seios, barriga e virilha. A resposta foi um arrepio da presa, que implorou pra ser beijada nos lábios de baixo. Ele não cedeu. Mordeu e deu chupões nas coxas e na virilha até se satisfazer, enquanto passava a mão por cima da umidade da mulher. Esperou ela implorar como uma puta, só depois começou a sugar-lhe o sexo. Ela urrou, se contorceu, apertou a cabeça dele contra sua xana, puxou-o pra cima de si e pediu, quase sem fôlego: "Quero você dentro de mim"

Ele: Então peça como boa moça que é (disse ele com o maior cinismo do mundo)
Ela: Não sou boa moça, sou tua puta e cadela na cama. Entendeu? Venha logo e enfia esse pau em mim.
Se o alarme não tinha disparado naquela hora, poderia ter sido agora. Ele catou a puta, colocou-a de quatro e estocou de uma vez na xana ensopada. E ela, puta de luxo, ainda fez exigência:
"Não quero... quero no rabo antes." Dessa vez o cliente resolveu fazer a vontade da puta. Enrabou a mulher com gosto, estocou forte e tirou.

Ele: Aqui? É aqui que você quer?
E estapeou a bunda já marcada de unha até cansar, enquanto o membro entrava e saía, enquanto ela urrava e pedia mais. Lasciva, pediu na xana. O dono da meretriz trocou de buraco antes que ela pedisse duas vezes. Enfiou os dedos no rabo dela, continuou socando. Falou que estava perto de gozar. Ela queria gozar junto e pediu pra esperar.
Ele: Esperar o caralho, minha puta!

  Não esperou. Queria ser puta, e foi. Ganhou um varão que virou-a de barriga pra cima, estocou mais forte, enfiou-lhe os dedos na boca pra que provasse o gosto de cu e ainda esporrou em sua cara de vadia. Ela lambeu tudo. Limpou o rosto e o macho, que acabou dormindo por causa do cansaço. Quando ele acordou, escutou uma voz dizendo "Bate de novo?"

Darukian

2 comentários:

  1. Quero de novo!!! É o que posso dizer porque foi mais ou menos assim, mas ao vivo e a cores com você... ah!!!! Pode ter certeza esse alarme soará de novo e quero o seu pau na minha boca enquanto escreve como fizemos com este conto aí. Depois que escrever come meu cu de novo?!!!! Mas goza lá dentro e me batendo com força!!!! Killian.

    ResponderExcluir
  2. Perfeito. Delicioso como querem todos aqueles que tem seus fetiches bem guardados e as vzs, por falta de coragem ou de parceiros... não tem como realizar. Mas nós... como bons escritores que somos... damos à todos a oportunidade de provar do sexo nu e cru que só nós sabemos fazer. Beijos insanos.

    ResponderExcluir

Agradeço por ter lido, mas há outra coisinha que quero que você faça. Responda: Gostou? Gozou? Então caia de boca na minha...caixa de comentários e libere tudo que quiser jorrar, com muita indecência!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...