Por: DARUKIAN, O Ceifador de Orgasmos e sua Primeira Puta das Artes Sacroprofanas, Emonditte. Seres sem rosto nem forma, que tem como único propósito te fazer gozar muito (a vida).

Seguidores dos instintos

16 de agosto de 2011

Mistérios de Darukian - I


Leiam, depois explico.

Mistérios de Darukian - I
à Lilith Yume, a deusa/musa que me despertou.

Os relatos que se seguem são apenas fragmentos de uma longa...loooonga história. Alguns, apenas encontrados no registro oral...outros, guardados nos anais mais profundos da história do mundo. A maioria deles conta a história de uma criatura sobrenatural, sem forma nem rosto, subserviente a uma poderosa deusa: a majestosa senhora dos desejos, Lilith. Um servo da luxúria, servo da deusa, ceifador de putas, de orgasmos e desejos.

Os relatos sobre a deusa são inúmeros. Sobre ela, muitos "falam demais por não ter nada a dizer", e poucos sabem, mas muito pouco. Abaixo dela, pouquíssimos, quase ninguém, já que eles não podem ser considerados "pessoas" no sentido restrito da palavra. Esses realmente a conhecem, e são esses os que não podem contar nada. Sem mais delongas, começam aqui os mistérios de Darukian, O Ceifador de Orgasmos.


Assim dizem os escritos chamados pelos estudiosos de "sacroprofanos":

"Na esmagadora maioria das versões da tradição oral antiga, Lilith é a primeira esposa de Adão, antes de Eva. Por não querer ser submissa ao macho, rebelou-se e foi para o submundo. Juntando-se a Samael, um poderoso anjo caído, serviu-se de sua semente e deu à luz a todas as criaturas das sombras: succubus, incubbus, demônios... Essa é a lenda da sacroprofana Lilith, a luxuriosa deusa das putas. Personificação da luxúria, cultuada por todas as meretrizes, a que protege as divas-putas e todas as que gemem por sua benção. Há ainda outra lenda sobre a deusa, mais desconhecida e mais interessante.

A lenda conta que nos primeiros tempos Lilith estava sedenta de luxúria, e as suas seguidoras não conseguiam satisfazê-la apenas com rituais sacroprofanos. Assim, Lilith condensou a sua luxúria nas sombras e criou um servo fiel, um que pudesse obedecer às suas ordens e saciar sua fome, desejo, luxúria, lascívia. Foi o despertar de um ser ser forma nem rosto, que se personificaria de acordo com os desejos de sua mestra.

Um servo da mais alta luxúria ajoelhou-se diante dela. Alto, pálido, de íris brancas e longos cabelos negros, com alguns fios brancos. Lilith apalpou, desgustou e desfrutou de cada detalhe de sua criação. Examinou a criatura atentamente, e achou-a suficientemente lasciva, atraente e deliciosa. A ele deu uma enorme foice negra como suas vestes e cabelos, e disse:

- Desperta, eu ordeno! Tu, servo, és Darukian, pois vieste das sombras, gemidos e desejos mais profundos de minha alma. Sempre que eu desejar sairás das sombras, e assim que me servir voltarás a elas. Te dou esta foice e missão: serás agora um ceifador. Não de almas, como os servidores sombrios dos deuses "superiores". Serás meu ceifador do gozo sacroprofano, pois onde eu plantar o prazer, o tesão e a luxúria, serão colhidos e ceifados orgasmos, e destes tu me alimentará.”

Ainda possuo fragmentos de outros relatos do que parece ser um livro de memórias ou histórias sacroprofanas. Fragmentos que parecem ser tantos e tão intensos quanto os gemidos da caça do Ceifador.

Darukian, O Ceifador de Orgasmos


P.S.:
Explicando: A Lilith/Yume é uma pessoa bem importante MESMO. A ela agradeço por tudo. Realmente foi ela que me despertou. Pra poesia, prosa e putaria. Ou seja, ela foi a primeira "PPP", ahahaha!!!! Agradeçam à deusa, sem ela não havia poeta exótico nem Darukian nem nada. Espero que tenha ficado à altura da deusa, e virão outros fragmentos, aguardem. Espero que não tenham gozado ainda, mas que tenham gostado. E esperem um pouco, que a gozada vai ser mais gostosa! Obrigado, agradeço-te eternamente, minha deusa luxuriosa! Eternamente a teu serviço estou, deusa.

Clique aqui para ler o Capítulo II

8 comentários:

  1. Postagem esclarecedora...

    beijos

    Cris e Junior
    http://desejosefantasiasdecasal.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Sua história me lembra as dos vampiros de Sistinas, rsss
    Enfim, esses sucubus, incubus, demônios, muito me interessam...
    Digamos louvores a deusa Lilith então, pela criação do Ceifador!

    ResponderExcluir
  3. Heyyy Darukian! Te ví por aí em uns comentários...rs
    hehehe...sempre que vou pronunciar Darukian...acabo falando DácuRyan primeiro...kkkk... não sei pq..kkk
    Vim dar uma pedaladinha aqui como você pediu e agradecer a visita.
    Rapaz... mas hoje tô com um sonooo... volto amanhã pra ler tudo com calma...
    Beijos de Boa Noite..
    Té mais...
    Com carinho,
    Myah

    ResponderExcluir
  4. Ui..é bem indecente isso aqui.. legal..bjs

    ResponderExcluir
  5. E assim é Darukian, diante Dela, diante de suas personificações, diante do que Ela representa e serve ao Mundo... assim É e sempre será... submetido, rendido e apenas despertado por Lilith a Deusa do Conhecimento Verdadeiro onde Ela reune o real ao ideal... onde o real se faz dentro em sombras e não na claridade e tudo que fora se vê não passa de ilusão... portanto a luxúria é a representação mais próxima da realidade onde os desejos são loucamente revelados... Sempre estarás sobre o Domínio de Lilith... mas, não se engane com ela... Você não é Único a ser despertado... Killian.

    ResponderExcluir
  6. adorei a historia,,muito sedutora e esclarecedora...e essa deusa...nossa...será que ela vai na sua festa??

    convida..quem sabe ela desperta o " Darukian "..kkkk

    bjocas

    ana casada

    ResponderExcluir
  7. Conheço essa história sob outro ângulo....

    Mais estou indo para o segundo capitulo e o terceiro tb.

    Sei que uma história tem sempre mais que uma versão, e tudo depende do referencial de quem a conta, rs

    Beijos carinhosos,

    ÍsisdoJUN

    ResponderExcluir
  8. Confesso que não sou muito adepta de contos escritos em capítulos, quando de antemão dizem que é uma série eu geralmente nem começo a ler. Aqui na blogosfera, os autores costumam perder a essência do texto na continuação ou simplesmente nos deixam a ver navios esperando uma continuação que nunca chega, mas como disse no e-mail que o conto já tem 12 capítulos postados, resolvi dar uma lida pra saber quais afinal são os mistérios de Darukian. Vamos ver se vc literalmente me prende e consegue me fazer querer descobrir que mistérios são esses. Um bj gostoso.

    ResponderExcluir

Agradeço por ter lido, mas há outra coisinha que quero que você faça. Responda: Gostou? Gozou? Então caia de boca na minha...caixa de comentários e libere tudo que quiser jorrar, com muita indecência!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...