Por: DARUKIAN, O Ceifador de Orgasmos e sua Primeira Puta das Artes Sacroprofanas, Emonditte. Seres sem rosto nem forma, que tem como único propósito te fazer gozar muito (a vida).

Seguidores dos instintos

8 de janeiro de 2012

Mistérios de Darukian - XXXI

Perdeu o começo da putaria? Clique aqui!
XXXI


A tal ‘irmã do Darukian’ me interessou. Mas o que encontrei não falava nada sobre ela. Ou falava? Não sei, mas era sobre uma ‘mulher perfeita’

“Musa Sacroprofana, Presa do Darukian” Imaginei que tipo de mulher seria. No final das contas, não me enganei de todo e não me decepcionei nem um pouco com minha mente ‘doentia’.

“Certa vez encontrei um poeta. Não que eu os procure, mas uma das minhas presas estava com ele. Então tive que visita-la, e por consequência, visitá-lo junto. Resolvi perguntar os motivos para estar com ele, e ela disse que os poetas tem algo no pincel para pintar bem suas musas. Disse ela que pintou uma tão bem que tinha certeza que esta não existia.

A pintura? “Ah, deuses, deuses, ou digo melhor, DEUSA! Ela era algo divino, ou demoníaco, divinamente demoníaca! Tinha uma pele alva, muito alva, quase albina, como se seda fosse embebida no puro leite para cobrir aquela alma celestial. E para complementar o albinismo, olhos verdes, a força da revolta das ondas. Mas não era só a cor. O tamanho e o jeito com que aqueles olhos verdes prendiam um homem poderiam levantar mais que os azuis dos viagras de todo o mundo.

Era, na medida certa, alta. Não, não era apenas uma mulher alta. Era uma mulher alta e imponente, do tipo que até os cegos babam e rogam, imploram e gemem aos deuses o milagre de poder ao menos comer com os olhos, pois sentem a aura de algo misteriosamente belo se aproximando. Os budistas, aqueles carecas, animavam o careca de baixo e diziam que ela era um ‘nirvana de carne e osso’.

Os lábios daquela diva são algo de outra galáxia. Aqui há lábios vermelhos e carnudos. Aqui, neste mundo, há bocas de veludo divinas, há o céu da boca que leva as loucuras. Mas nenhum deles leva a total insanidade e gozo supremo apenas pelo vislumbre. Nenhum além do par de lábios daquela criatura.

Oh, aqui há seios de todos os tipos e gostos, sim, sim... mas há algum par de seios que agrade há todos os homens desta terra? Há. Os dela. E os homens que gostam das ancas ou rabo, ou cus, mais variados ainda os formatos, tamanhos e gostos, mas aquela mulher tem o poder demoníaco de agradar a todos eles e fazer jorrar fontes de gozo! Queria eu viver pela eternidade a escrever a epopeia daquele corpo! E o início seria ‘Dos dois botões de flor nasceu o gozo puro, mais doce, límpido e poderoso que as criações dos deuses!’

E aquela deusa a passear na terra possui tantos detalhes devastadores que decifrar cada centímetro de sua pele daria a tradução da bíblia da mulher perfeita. E cada gesto seria um versículo, e cada piscar de olhos, uma palavra divina, e cada curva, ah....cada curva será um apocalipse que destruirá legiões de homens com torcicolos e exaustivas sessões de gozo!(...)”

E assim iria ele pela eternidade, se desse tempo a ele. E depois de me fazer ler essa porra toda, ainda teve a coragem de olhar pra minha foice e dizer:
- Os pincéis dos poetas parecem a tua foice, maninho. Heheh...

- As formas da ‘puta perfeita’ parecem as tuas - respondi...caísse de amores por um pincel delicado, tendo o que quiseres e de vez em quando a mais poderosa das foices?
- Até nós, as deusas do sexo, fazemos caridade de vez em quando, Darukian.
É claro que ela não disse mais nada naquela noite e só teve direito a gemer um nome. Insolências não são permitidas, mesmo que sejam de minhas presas preferidas.”

Bem, a tal mulher perfeita, mesmo com os exageros do poeta parece-me muito boa. Mas seria uma mulher normal muito enfeitada, ou uma ‘deusa do sexo’? Seria a tal ‘irmã do Darukian’? Mistérios que só o Darukian parece conhecer e os escritos não revelam...

DARUKIAN, O CEIFADOR DE ORGASMOS

P.S.: Exagerada essa descrição da musa sacroprofana, heim? Espero que o desafio proposto pela deusa do sexo esteja cumprido.

2 de janeiro de 2012

Mistérios de Darukian - XXX

Para ver o início dessa putaria clique aqui

XXX




Um relato de quase recusa ao ceifador

“Quarto. Inocente até que se prove o contrário”

Assim diz o relato

“Uma das vítimas do ceifador contou-me que foi surpreendida no quarto. Ainda donzela, percebeu uma sombra no canto do seu quarto, e como este não respondeu quem era nem parecia humano, ela afastou-se até o outro canto. Uma mão tapou a boca dela. Uma presença estava ali, e sussurrou: “acalme-se. Só estou aqui para realizar os seus desejos”. E ela pensou “isso é uma fada madrinha?”, e a voz respondeu “fadas não usam foices como as minhas.”

A garota então teve espaço para se movimentar. E viu a criatura e sua foice, e perguntou o que ele queria. E ele repetiu “tens uns desejo. Ainda não sabes como sentir, mas é isso que queres, não é?”

“Minhas amigas falam sobre coisas que elas sentem as vezes...mas elas são apenas depravadas...não quero sentir nada!” disse a garota, procurando se afastar do ceifador.
“Ah...entendo. Nessas horas me lembro de algo que minha ‘irmã mais nova’ me diz as vezes...”

“... ‘a sensação da foice penetrando naturalmente...é algo que não se pode descrever. É a melhor das sensações, não é, maninho?’ dizia ela de vez em quando...” disse o ceifador. “Ela é masoquista?” perguntou a garota, cada vez mais assustada com aquelas coisas repentinas de foice e sensações.

“Ela apenas sabe sentir. E você, deseja aprender? Devo avisá-la que há um preço”. Disse o ceifador, antes de ensinar à inocência como sentir o mundo das sombras. Como preço, a garota só sentiu de verdade os toques sacroprofanos. A partir daquele dia, havia mais uma fiel à deusa e aos mistérios de Darukian, graças a indireta ajuda daquela sempre lembrada ‘irmã’.”

Interessante, não? Só não lembro de nenhum relato que mencione alguém que tenha parentesco com o Darukian. Quem será a tal ‘irmã mais nova’ que deu essa ajuda indireta e providencial aos propósitos sacroprofanos do ceifador?

DARUKIAN, O CEIFADOR DE ORGASMOS
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...